Após derrota, Fallen critica BLAST: “Eu me sinto mal por fazer um torneio inteiro sem contestação e na final não ter nenhuma vantagem”

MIBR foi derrotada pela Evil Geniuses na grande final

Por Guilherme Peroto 22 de junho de 2020 às 20h58 pm Atualizado há 2 meses atrás
Após derrota, Fallen critica BLAST: “Eu me sinto mal por fazer um torneio inteiro sem contestação e na final não ter nenhuma vantagem”

MIBR foi derrotada na grande final pela Evil Geniuses (Foto: HLTV)

Neste último final de semana, a MIBR disputou a BLAST Premier: Spring 2020 American Finals. Após conquistar a vaga na grande final através da winner bracket, a equipe brasileira acabou sendo derrotada pela Evil Geniuses por 2 a 0.

Por não haver uma vantagem para o time que chegasse a decisão através da chave vencedora, Gabriel “FalleN” Toledo, capitão da MIBR, criticou o formato da competição através de sua rede social.

Em sua publicação, o campeão mundial de CS:GO reclamou do fato deste ser o segundo campeonato que a MIBR disputa da BLAST no qual eles “quase não tem vantagem”. Segundo o jogador, é “preciso de uma vantagem melhor para a equipe que vencer a winner bracket”.

“Eu já vi no passado: MD5 onde o time vencedor tinha uma vantagem de um mapa; MD3 de MD3 (o time da lower bracket precisava vencer duas MD3), escolha do mapa antes do veto”, comentou FalleN.

Finalizando, o capitão criticou o fato de sua equipe ter chego a decisão de forma incontestável para não ter nenhuma vantagem.

Comentários