Frangos distruibuídos em PUBG poderiam alimentar Maceió, Guarulhos, São Gonçalo e Porto Alegre por um ano

PUBG Corp divulgou dados e estatísticas que mostram como o Playeruknown’s Battlegrounds se tornou tão popular no ano passado

Por Ricardo Peroto 8 de fevereiro de 2018 às 9h28 am Atualizado há 2 anos atrás
Frangos distruibuídos em PUBG poderiam alimentar Maceió, Guarulhos, São Gonçalo e Porto Alegre por um ano

130.260.892 de frangos distribuídos durante o "Early Access". (Imagem: PUBG Corp)

Durante a vida, cada segundo é importante. E se você jogou PlayerUnknown’s Battlegrounds pelo menos um pouquinho nos últimos nove meses durante o “Early Acess”, cada segundo seu in-game foi adicionado as estatísticas de PUBG.

Estamos acostumados a divulgar quantas cópias foram compradas de PUBG, quantos jogadores simultâneos possui e também a quantidade de players que tem sido banidos por trapacear usando cheats. Mas você sabia que a cada 2 segundos uma pessoa foi morta por uma frigideira entre os meses de março e dezembro do ano passado? Ou que talvez a distância percorrida por UAZ, Dacia e Buggy poderiam te levar mais de 12 mil vezes para a lua?

Pois é, essas são estatísticas e dados curiosos que mostram como PUBG se tornou uma febre durante o ano de 2017 durante a fase “Early Access” e continua a ser popular em 2018.

Há mais um dado muitíssimo curioso: A quantidade de “frangos servidos” totalizaram 130.260.892 durante esse tempo. Isso equivale a 260.521.784Kcal, o que seria necessário para manter, aparentemente, a Irlanda inteira satisfeita por um ano! A população da Irlanda equivale, aproximadamente, as cidade brasileiras de Maceió, Guarulhos, São Gonçalo e Porto Alegre. Quanto frango!

Dados e estatísticas foram divulgados através do Twitter (Imagem: Twitter/PUBG Corp)

De acordo com o gráfico e com as informações atualizadas mais de 26 milhões de cópias foram vendidas. O pico de jogadores simultâneos foi de 3,1 milhões e mais de 2,7 bilhões de horas jogadas ao todo, o que equivale a 310 mil anos.

A quantidade de jogadores, especialmente no PC, tem sofrido várias oscilações devido a quantidade de banimentos. Só em janeiro, mais de 1 milhão de contas foram banidas em razão de utilizarem cheats no game. Enquanto os bugs e otimização eram o problema durante o período de acesso antecipado, hoje na versão final os cheaters se tornaram o grande vilão dos desenvolvedores.

PUBG se tornou o jogo mais popular no gênero battle royale, onde os jogadores são colocados em um mapa para guerrearem entre si até um único sobrevivente vencer o jogo.

Comentários