Dicas para vencer as 12 partidas da Arena em Hearthstone

Saiba como montar um bom deck para a Arena e ferramentas que podem te auxiliar durante a partida que vão fazer toda a diferença para vencer os doze jogos

Por Ricardo Peroto 9 de agosto de 2018 às 11h03 am Atualizado há 2 anos atrás
Dicas para vencer as 12 partidas da Arena em Hearthstone

Vencer 12 partidas na Arena te dá grandes recompensas. (Imagem: Hearthstone)

O modo Arena no Heartstone é com certeza um dos desafios mais divertidos e difíceis dentro do jogo. A parte mais legal desse modo é que dificilmente ele se torna massivo, visto que você precisa montar um deck com 30 cartas aleatórias para uma classe também aleatória com o propósito de vencer 12 partidas. Quando você vence todos os jogos na Arena você recebe uma boa recompensa em forma de pó, ouro e pacotes que com certeza está entre uma das mais lucrativas do game.

Muitos atribuem as vitórias no modo Arena apenas a sorte, uma vez que este modo possui alguma aleatoriedade. É claro que é importante conseguir um deck bom, mas esse é só um dos passos para vencer na Arena.

Criando o deck

Quanto mais você estiver familiarizado com as classes de heróis e suas respectivas cartas, mais fácil ficará para você tomar decisões na hora de montar o seu deck para a Arena. De preferência, escolha a classe que você têm mais conhecimento ou dentre as três escolha a que você se sentirá mais confiante e confortável.

Uma boa dica na hora de montar o deck é escolher as cartas que sejam boas por si mesmas. Obviamente você deseja que suas cartas tenham uma sinergia durante a partida, mas quando estiver em dúvidas, escolha a carta mais forte. Lembre-se sempre que essa escolha deve ser baseada também na sua curva de mana. O que isso significa? Cartas fortes não são apenas aquelas que custam 8 ou mais. Por isso, as vezes você vai ter que deixar uma carta que te pareça forte passar para respeitar uma boa estratégia.

Escolha das cartas

A escolha das 10 primeiras cartas já pode te dar uma ideia de qual estratégia você vai tomar para o seu deck. Pergunte-se: Ele será um deck mais agressivo? Um deck mais de controle? Vou conseguir vencer com esse deck levando esse o jogo para o fim da partida?

Decks agressivos

Decks agressivos costumam possuir bastante cartas de custo 2 de mana.

Decks agressivos costumam possuir bastante cartas de custo 2 de mana.

Os decks agressivos possuem uma curva de mana baixa geralmente priorizando cartas de custo de dois de mana. Ou seja, você vai precisar apostar praticamente todas as suas fichas logo no começo da partida. É importante sempre ter uma carta na manga, como uma magia poderosa pra dar o golpe decisivos. Observe que, nem todas as cartas que possuem 2 de mana são jogáveis neste turno, escolha cartas sólidas que você tem certeza que preencherão seu campo com vantagem numérica. Algumas classes se dão melhor com esse estilo de jogo: Caçador e Ladino.

Decks late game

Decks late game priorizam cartas de custo alto.

Decks late game priorizam cartas de custo alto.

Os decks de late game são aqueles que possuem um bom número de cartas com alto valor de mana. Ao contrário dos decks agressivos, a sua vitória deve chegar quando as cartas já atingiram um custo bastante elevado. É importante carregar neste deck cartas que possam “limpar” o campo para segurar a pressão de decks agressivos. Heróis como Druida, Bruxo são os preteridos pra este tipo de estratégia.

Decks de mid game

Deck equilibrado com magias e lacaios.

Deck equilibrado com magias e lacaios.

Ao contrário do que se pensa, é um pouco difícil conseguir decks agressivos ou de late game na Arena que entreguem uma boa sinergia, por isso os decks de controle são a estratégia mais usada entre os jogadores na Arena. Cartas que ficam entre os custos 3 a 5 permitem manter o controle sobre o jogo e o campo. É um deck composto por bastantes magias e onde geralmente se encontra uma boa sinergia. Todas as classes são ótimas para este estilo de jogo, mas o poder heroico do Sacerdote e as armas e magias de Xamã e Paladino podem ser um diferencial nessa estratégia.

Ferramentas para ajudar na criação do deck

Algo que poucas pessoas fazem é anotar as cartas que estão escolhendo. Saber exatamente quais cartas compõe seu deck é o que vai te ajudar a fazer as melhores escolhas. Para te ajudar nessa tarefa, ao invés de usar caneta e papel, há um aplicativo para computador legítimo chamado HeartArena. Além de ele anotar as cartas que você está escolhendo, também te dá dicas das próximas a escolher. Através do site da HeartArena você encontra uma lista das cartas mais fortes para a Arena, mas não se deixe guiar única e exclusivamente por essas ferramentas, sua experiência e intuição valem mais do que estas dicas.

Mantenha-se atualizado com as cartas da expansão

As classes são muito influenciadas pelas cartas novas na Arena toda vez que sai uma expansão no jogo. Assim, fica difícil determinar exatamente quais cartas ou classes estão fortes ou fracas. Aqui novamente sua experiência e intuição contam muito.

Durante as partidas

Jogue com paciência e sabedoria. Lembre-se que cada turno da Arena leva 1 minuto e meio, exceto o primeiro turno. Use todo o tempo disponível para pensar na melhor jogada entre todas as possibilidades. No modo ranqueado é fácil prever as cartas que adversário vai jogar, mas na Arena não é. Observe o comportamento do seu adversário se perguntando: Qual foi a jogada dele no último turno? Ele está passando o mouse sobre alguma carta? Há quanto tempo ele está segurando uma carta na mão? Será que ele arriscou tudo nessa jogada?

Não cometa o erro de ficar passando o mouse ou clicando sobre as suas cartas, especialmente se você tem a intenção de jogar ela no próximo turno. Além de estar dando dicas para o seu adversário você pode cometer a tragédia de usar magias em você mesmo ou nas suas cartas sem querer. Quando seu turno acabar, solte do mouse e use apenas o seu raciocínio para imaginar as próximas jogadas.

Se você estiver com vantagem no campo, prefira investir no dano. Deixe as trocas para o seu adversário e vá minando a defesa dele por atacar o herói quando surgir as oportunidades. Levar o seu adversário a jogar defensivamente é o ponto chave para se vencer na Arena. Isso é o que as pessoas chamam de “vantagem de ritmo”. Conseguir deixar o herói inimigo com pouca vida pode fazer com que seu adversário jogue de maneira ineficiente para sobreviver, que vai te proporcionar melhores trocas e um fim de jogo a seu favor.

Caso você esteja do outro lado, não entre em pânico. Jogue na ordem das ameaças. Procure colocar no campo as cartas criaturas grandes que podem segurar o dano ou que sobrevivam aos próximos turnos para conseguir o equilíbrio novamente.

Lembre-se que todos os decks que você faz tem o potencial de vencer os 12 jogos na Arena, uma vez que todos os decks possuem suas debilitações e ninguém pode montar um deck perfeito. Mesmo que você esteja vencendo com 10-0, não perca o foco. Quanto mais você jogar, mais você ganhará experiência e seu rendimento vai melhorar.

Comentários