Epic Games revela porque adicionou dano explosivo através de estruturas

Epic Games falou um pouco sobre sua modificação no sistema de dano explosivo do jogo.

Por Eduardo Cassol 1 de novembro de 2018 às 22h01 pm Atualizado há 2 anos atrás
Epic Games revela porque adicionou dano explosivo através de estruturas

Epic Games se explica sobre nova modificação (Imagem: Epic Games/Reprodução)

Na nova atualização do Fortnite, v6.21, que veio aos servidores dia 1 de Novembro, foi implementada uma nova mecânica em que permite 25% do dano explosivo penetrar através de estruturas. Fazendo assim que qualquer dano explosivo causado por items como granadas e bazucas pudessem atingir jogadores que estão atrás de qualquer estrutura, sendo elas construídas por jogadores ou parte do cenário.

Essa mudança refletiu em uma grande massa de jogadores insatisfeitos e reclamando com a empresa. Então a Epic Games resolveu dar uma explicação para deixar mais claro o porquê dessa mudança.

Principalmente, foi o fato dos desenvolvedores sentirem que existia um desbalanceamento no estilo de jogo que precisava ser mexido.

“Construir como uma medida defensiva era extremamente importante, e a segurança que ela fornece é algo que não pegamos leve, entretanto, no geral, sentimos um desequilíbrio entre o jogo agressivo e as táticas defensivas.”

Esta mensagem nos revela que a Epic Games tem ouvido as reclamações dos jogadores, e diz ainda que esta é uma mudança que ainda é apenas um experimento, assim como a reativação do asa-delta em todos os modos de jogo.

Além disso a Epic Games incentiva que os players expressem suas opiniões para a empresa, e ainda é mais específica fornecendo perguntas que os jogadores podem responder.

  • 25% é a quantidade certa? E se fosse menor?
  • Todos os materiais deveriam ter a mesma redução de dano? O metal deveria mitigar mais dano que a madeira?
  • O balanceamento agressivo/defensivo está correto? Qual outro método faria sentido para opor o modo de jogo defensivo?

Baseado na quantidade de feedback os jogadores poderão esperar mais mudanças ai pela frente, ou até mesmo uma reversão para como era antes.

Comentários