Como AUG e SG533 podem alterar as partidas profissionais e competitivas de CS:GO com a nova atualização

Mais baratas, armas podem ser mais frequentes nas partidas de Counter-Strike:Global Offensive após o lançamento da atualização

Por Ricardo Peroto 10 de outubro de 2018 às 17h02 pm Atualizado há 2 anos atrás
Como AUG e SG533 podem alterar as partidas profissionais e competitivas de CS:GO com a nova atualização

AUG e SG se tornaram opções econômicas viáveis na nova atualização

O novo patch de Counter-Strike:Global Offensive chegou aos servidores ontem (09) e promete trazer mudanças no sistema competitivo do jogo. Dentre as atualizações estão novos mapas, novos sons para algumas armas e a alterações de preço em algumas pistolas e rifles.

Falando em especial desta alteração no preço dos rifles, uma vez que a SG 553 e AUG tiveram seus preços reduzidos para $2750 e $3150 respectivamente, provavelmente se tornarão mais frequentes nas partidas competitivas. A diferença entre elas agora é apenas de 50$ entre as favoritas Ak-47 e M4A4, nesta ordem.

SSG vs AK (Imagem: CS:GO)

SG vs AK (Imagem: CS:GO)

A SG ainda leva vantagem em penetração de armadura, taxa de disparo e possui um escope que facilita bastante a mira, aumentando seu alcance de precisão para 39m em comparação aos 24m da AK-47.

AUG vs M4a4 (Imagem: CS:GO)

AUG vs M4a4 (Imagem: CS:GO)

Comparando a AUG com M4A4, a diferença fica mais no alcançe de precisão, com 38m para o primeiro e 30m para o segundo. Levando em consideração que a mira com escopo pode ser um fator preponderante para alguns jogadores a escolha sempre será em primeiro plano a AUG.

O próprio jogador profissional da Astralis, “dev1ce” disse no seu twitter que está migrando para os rifles com escopo permanentemente, já que seu uso se parece mais com o seu papel de awper  dentro da equipe: “Então, com a nova atualização sendo liberada eu quero esclarecer: Sendo um jogador de “zoom”, eu vou utilizar apenas a Scout ou AUG/SG”.

Mesmo para os jogadores das filas ranqueadas, em que certos jogadores tem um certo preconceito com essas duas armas, associando o uso delas à pessoas que não sabem jogar, ou até mesmo os BOTs do jogo, a escolha deve ser analisada. Isso se deve ao fato de que agora estão mais viáveis sua compra e por serem tecnicamente superiores aos seus homólogos.

Muitos acreditam que as equipes no segundo turno serão ainda mais econômicas do que antigamente, uma vez que elas receberão mais dinheiro caso percam o round-pistol.

Mas, analisando um pouco mais a fundo é possível que as equipes tornem-se ainda mais agressivas nesse round, especialmente se estiverem jogando do lado Terrorista. Quebrar a economia da equipe CT logo no terceiro round é uma boa tática, visto que sempre é mais difícil manter o dinheiro desse lado funcionando. O mesmo não pode funcionar caso a derrota no round-pistol seja sofrida pela equipe Contra-Terrorista pelo menos motivo. Provavelmente elas aceitarão o eco especialmente se tiver um awper entre os destaques do time.

Assim, tanto nos jogos das filas ranqueadas, quanto nas partidas profissionais, não se surpreendam se daqui em diante os jogadores apostarem cada vez mais nessas duas armas que sempre estiveram entre as mais rejeitadas e descriminadas de CS:GO.

Comentários