Após 2 anos no topo, coldzera aparece no 10º lugar do ranking da HLTV

Jogador e seus companheiros não viveram um ano com muitos títulos em 2018

Por Guilherme Peroto 11 de janeiro de 2019 às 21h17 pm Atualizado há 2 anos atrás
Após 2 anos no topo, coldzera aparece no 10º lugar do ranking da HLTV

coldzera foi o único jogador brasileiros a aparecer no ranking (Foto: DreamHack/Reprodução)

Como sempre, a HLTV após o término do ano competitivo de Counter-Strike: Global Offensive, produz um ranking listando os melhores jogadores da temporada. Em 2016 e 2017, Marcelo “coldzera” David, que atualmente defende a MIBR, figurou na primeira colocação da lista. Porém na edição deste ano, o brasileiro acabou ficando com a 10ª colocação.

O motivo está provavelmente ligado a falta de títulos nesta temporada, tanto coldzera quanto sua equipe não conseguiram levantar o mesmo número de troféus dos anos anteriores. Em 2018 os únicos títulos conquistado foram Adrenaline Cyber League, Moche XL Esports e a Zotac Cup Masters 2018, sendo que nenhum deles é classificado como “tier 1”.

Apesar da falta de títulos, os números dos jogadores foram relativamente bons. No quesito diferença entre abates e mortes, o brasileiro ficou na quarta colocação, com 596 abates a mais que mortes. Outro número a ser destacado é a de quinta maior taxa de eliminações em grandes eventos (0.77).

Números e títulos do jogador em 2018 (Imagem: HLTV/Reprodução)

Números e títulos do jogador em 2018 (Imagem: HLTV/Reprodução)

Infelizmente, o ano turbulento vivido pelo jogador e sua equipe não colaboraram para que ele se continuasse no topo. Mas a expectativa é as coisas melhorem em 2019, já que coldzera voltará a jogar ao lado de Epitacio “TACO” de Melo, um de seus principais companheiros. Além de TACO, a MIBR contará também com o treinador Wilton “zews” Prado e está prestes a anunciar o 5º player.

As mudanças na equipe a tornaram bem parecida com a Luminosity Gaming e SK Gaming campeãs do passado que dominaram o cenário de CS:GO durante um bom tempo e ajudaram cold a ser o número 1 do mundo.

Comentários